Tel.: (31) 3272.04.19
Fax: (31) 3272.47.06

Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços em Recursos Humanos e Trabalho Temporário no Estado de Minas Gerais

24. O temporário que trabalhou três ou seis meses pode retornar à tomadora?

A legislação vigente não prevê prazo máximo ou mínimo entre uma contratação e outra, porém, deve ser observado, nestes casos, se há nova transitoriedade na empresa tomadora. Sugere-se no caso de contratação do trabalhador na tomadora, na mesma função e com igual salário, um lapso de tempo mínimo de três meses. Ainda assim, não é descartável a possibilidade do Ministério do Trabalho e Emprego questionar a prestadora.